Story

Desde cirança, ouvimos nossos avós e pais dizendo que o nosso anjo da guarda nos protege, e aí crescemos e viramos adultos e descobrimos que eles.....sabiam o que falavam...
Quando tinha uns 7 anos de idade, morava em Piracicaba, aquela do pessoal que fala poorta, e numa rua de bairro bastante movimentada, a rua São João.
Rua de dois sentidos e que ainda passava o bonde, que ia e voltava fazendo a alegria da turma, pois toda vez que ele subia a rua, diminuia a velocidade e lá iamos nós pegando carona nos estribos, mas imaginem o movimento da tal rua.
Também é dessa época, o costume das familias, todas muito católicas, darem para os filhos uma medalhinha benta, chamada "agnus dei", cordeiro de deus em latim, que era para nos proteger.
Pois bem, nunca mais esqueci um evento em que numa dessas brincadeiras de criança, que nessa época se desenrolava nas ruas, atravessei a tal rua a toda velocidade sem me preocupar com o transito, coisa secundária para mim no momento de diversão, e minha mãe em desespero na área de casa gritando para que eu olhasse o transito, e eu na minha perfeita lógica e após estar seguro do outro lado da rua respondi, mamãe não se preocupe, estou com o Agnus Dei!!!
Em seguida minha mãe teve que me explicar melhor esse conceito de proteção divina.
Então, hoje do alto dos meus cabelos brancos, tenho a total certeza da existencia do anjo da guarda, e que a proteção é efetiva e diária, muito mais real do que podemos imaginar.

Comments

4 years ago

Os meus pais não eram praticantes, nem nunca me ensinaram a ter fé. Descobri-a sózinha senti sempre que tinha proteção, que tinha um anjo que me protegia via no dia a dia, nas dificuldades... alguém me protegia. Se estiver-mos bem atentos podemos temos provas disso até nas pequenas coisas, por exemplo, ás vezes estou com um problema ou tenho que tomar uma decisão, e como todos ignoro o que o meu coração aconselha, de repente surge uma pessoa desconhecida que sem eu falar do assunto dá-me a resposta que eu queria, do nada. Outras vezes sinto que sou eu que digo palavras a alguém que sem eu saber deram-lhe respostas. O processo de descobrir a fé e a espiritualidade sem ter sido imposta, tem sido maravilhoso, as provas sucedem-se diariamente e ao longo da vida, sei que não estou só, sei que que existe um mundo espiritual e uma eternidade...sei porque sei, porque sempre soube...

4 years ago

Também passei por grandes livramentos, sei que fui guardada por Deus enviando seus anjos a me guardarem.
Em algum lugar da bíblia esta escrito que os anjos do Senhor ( Deus) acampanham ao redor daqueles que o temem.
Não sei o que sua mãe explicou sobre a guarda dos anjos, mas hoje já adulta descobri, que eles guardam sim, mas temos que estar atentos no que vamos fazeer, porque nesta mesma bíblia diz que devemos orar mas temos que vigiar. Que adianta eu ao sair de casa fazer orações pedindo livramentos se eu mesmo não atento para os perigos, e sai falando assim, ah, não vai acontecer nada comigo não! Jesus mesmo no dia da tentação poderia ter se jogando lá de cima, mas para nos ensinar, não fez isto, respondendo não tentarás o Senhor teu Deus!

Val Prestige

5 years ago

Obrigada Ramalho, é que andou acontecendo umas coisas estranhas comigo, por isso eu levantei essa questão.

5 years ago

oi Valdenea, tenha certeza que voce tem seu anjo bom, é que as vezes em vez de nos ligarmos nele, damos atenção a outros e aí levamos um tranco, mas o importante é se refazer e buscarmos o contato com nosso verdadeiro anjo.
Como? se mantenha tranquila e feliz, com pensamentos positivos e voce vai ver o resultado, abcs

Val Prestige

5 years ago

Ramalho e quando pensamos que temos um anjo da guarda e descobrimos que na verdade não eram propriamente "anjo". Você escreveu "A cada um o seu Anjo"... será então que mereço um "Anjo do mal" ?